24 agosto, 2009

Arte Grega - Música

Quando recitava-se poesia o acompanhamento de alguns instrumentos se tornou comum na Grécia antiga. Era feito geralmente com a lira e mais tarde com um instrumento chamado kithara. Também eram utilisados os de sopro como o aulos e mais tarde uma variedade de objetos de percurção e cordas.
A música era fortemente associada aos deuses e estava presente em diversos dos mitos fundados pela cultura Grega.

Lira

Grupo: Sabrina Esmeris e Walesca Timmen Santos

Um comentário:

  1. A base para a cultura musical no Ocidente foi estabelecida pelos gregos. A palavra música nasceu da palavra grega "Mousikê", que significava "A Arte das Musas". A arte grega abrangia a poesia e a dança, e os poemas eram recitados ao som da Lira, por isso esse gênero poético era denominado "Lírico". Os gregos atribuíam sua música aos deuses, e a definiam como 'um meio de alcançar a perfeição'.
    Segundo Platão, a música tinha grande poder de influência sobre o homem, e se fundamentava na ética e na matemática, por isso deveria estar sob controle do Estado, considerada como responsável por garantir o bem social e os modos gregos.
    A música grega era baseada em oito escalas diatônicas (que se limita aos tons da escala fundamental - maior ou menor). ‘Pitágoras estabeleceu proporções numéricas para cada intervalo musical. Seu sistema musical apoiava-se numa escala elementar de quatro sons, o Tetracorde. O canto prendia-se a uma melodia simples, a Monodia.’ Nos cultos religiosos, eram utilizadas “Nomoi”, que eram melodias-padrão, a partir das quais a música evoluiu para a lírica solista, o canto conjunto e o solo instrumental.
    ‘O apogeu da civilização helênica (do século VI ao IV a.C.) foi marcado pelas tragédias inteiramente cantadas.’

    ResponderExcluir