13 maio, 2010

Ramsés: Documentário

O documentário conta a história de Ramsés. Era uma época de milagres, maldições, de deuses e homens que acreditavam ser deuses. E de um jovem guerreiro que se tornou faraó do mais poderoso império do mundo, o homem que desafiou o Deus dos hebreus, Ramsés O Grande.
Segundo a Bíblia, seu amado primogênito foi morto na última e mais terrível de Dez Pragas “Morte dos primogênitos”, uma praga que obrigou o faraó a libertar seus escravos hebreus e seu líder Moisés, dando início para a longa jornada conhecida como Êxodo.
Um egiptólogo e professor Kent Weeks acredita ter encontrado no Vale dos Reis o crânio do primogênito de Ramsés, Amun-Her-Khepeshef. Uma equipe de cientistas investigou o crânio usando modernas técnicas reconstrutivas para descobrir se realmente descobriram o primogênito de Ramsés, recriando a face do filho e do pai.



Tentaram solucionar as seguintes perguntas: Teria ele morrido de uma misteriosa praga bíblica? Ou teria tido um fim violento e brutal? Ele foi morto pelas mãos de Deus ou do homem?
Ramsés tinha 20 anos quando assumiu o trono e ele já era casado com a bela Nefertari, com quem teve seu primogênito.
Muitos arqueólogos não acreditam no Êxodo, pois os egípcios não deixaram registros. Quanto ao êxodo nunca será encontrada nada pois esta foi uma batalha perdida e Ramsés não iria deixar ninguém saber disto.




Quando iniciam o processo de reconstrução do crânio, constatam que ele teria 30 anos. No templo de Abu Simbel, uma das obras de Ramsés. Lá está escrito que Amun-Her-Khepeshef se tornou adulto. Isto bate com a idade de 30 anos do crânio descoberto, portanto, ele não era uma criança como se imaginava.
O filho de Ramsés morreu como? No crânio tem uma marca que pode sugerir várias coisas como: uma queda de carroça, assassinado no harém do pai, mas a mais provável seria a morte em batalhas.





Moisés não tinha 80 anos, mas era jovem e o exército hebreu não estava tão indefeso. Como o “mar vermelho” era o mar-de-junco isso quer dizer um pântano, as bigas (carroças) atolaram e os hebreus mataram todos, inclusive Amun-Her-Khepeshef. Então, Ramsés teria criado a 10ª praga para ocultar a verdade.
O crânio foi reconstituído e a probabilidade do crânio ser de Amun-Her-Khepeshef é alta.




Ramsés foi um dos maiores faraós, reinou durante 80 anos, travou inúmeras batalhas, construiu mais templos que qualquer faraó. Teve muitas mulheres e inúmeros filhos. Conhecido como um grande construtor, mandou reconstruir e embelezar diversos templos egípcios

4 comentários:

  1. Ramsés morreu de impotência genital. A rainha tinha mal hálito e Ramsés não aguentava e toda vez que Ramsés, tinha que transar com ela ele, brochava

    ResponderExcluir
  2. A história nada conta a respeito de Ramsés ou pouco sabe da verdadeira história dele. Mas, a verdadeira história dele, é que Ramsés, se apaixonou por uma Romana e com ela, governou o centro de macumba do imperador nero. Nero então, por inveja, mandou colocar fogo no rabo de Ramsés, aí, Ramsés soltou um peido que incendiou roma. A culpa caiu sobre maomé, e maomé mandou comer o rabo dos cristãos. Foi então, que nasceu a espada escalibur,de onde os petistas, vivem com ela, no rabo até os dias de hoje.

    ResponderExcluir
  3. Há uma teoria de que Ramsés se apaixonou por um escaravelho,de onde desse escaravelho, nasceu a Dilma Rousseff,que por influência do jumentão do Lula, veio parar no Brasil,onde enfiou no rabo dos otários dos brasileiros,levando assim os brasileiros a comerem muita merda. Segundo essa teoria, a Dilma Rousseff, mais conhecida como a filha do jumentão Lula, tinha a intenção de construir uma pirâmide no Brasil e tentar ressuscitar o cú do pao dela, fazendo com isso uma encalacração de todos os cús de brasileiros que votaram nela..a partir daí, com o cú dos brasileiros faria nascer um Ramsés novamente...

    ResponderExcluir